Como submeter o seu site a directórios

Os directórios de sites web são uma ferramenta importante quando se trata de optimizar sites para motores de busca. Por um lado alguns destes contribuem com links válidos para os motores de busca. Por outro lado são também uma forma de conseguir tráfego, seja pela importância que os motores de busca lhes conferem ou por se estabelecerem como fonte de autoridade num ou vários nichos (particularmente em b2b).

Para sites pequenos, a submissão a directórios reveste-se de especial importância, uma vez que não têm normalmente acesso aos mesmos recursos que blogs e sites de maior presença online. Submeter sites em directórios consome tempo e não é tão simples quanto possa parecer: a experiência de gerir o directório e observar as submissões de alguns webmasters demonstrou-me que muitos webmasters preferem atalhar o caminho.

Para ajudar webmasters preparei 10 dicas para submeter correctamente os seus sites a directórios:

1. Ler atentamente as condições para submissão ao directório.
Deveria ser evidente mas é frequentemente ignorada. Não só lhe pode poupar tempo e trabalho como o poderá ajudar a perceber que tipo de submissões serão aprovadas.

2. Edite cuidadosamente a descrição do site.
Eu sei que isto é cliché, mas poucos donos de directoria estão interessados em descrições de uma linha só. Duas frases, bem articuladas, são suficiente para apresentar o seu site, utilizar as principais palavras chave do seu site e dar uma ideia da sua actividade.
– Use um corrector ortográfico.
– Utilize keywords no texto de forma natural, nunca em lista (sim, há quem submeta dezenas delas separadas por vírgulas).

3. Utilize uma descrição diferente para cada directoria.
Variar as descrições é uma enorme vantagem quando se trate de capturar visitantes pelos directórios, permite colocar os diversos directórios a trabalhar para diferentes buscas, em vez de “competirem” pelo mesmo peixe.
Alguns gestores procuram no Google, para ver se encontram o mesmo texto noutros directórios – e se o encontram podem apagar a submissão (bem, há pelo menos um que o faz…)

4. Utilize um bom título para descrever o seu site com a sua principal keyword.
A selecção de um titulo apropriado é trabalho de base que deve ser feito primariamente no (seu) site. Todavia, no site sempre se pode alterar os títulos posteriormente. Em muitos directórios não.

Com pouco mais de um mês de actividade alguns sites submetidos ao directório levam já dezenas de visitas enquanto outros só por acaso terão tido benefício.

5. Não espere muito das directorias para “optimização para o google”.
Já aqui expliquei porque se deve evitar as submissões automáticas, desta vez sugiro que não deposite grandes esperanças naquelas que oferecem como benefício único o “link” para os motores de busca.
Recentemente o Google enviou um sinal bastante forte ao penalizar algumas dezenas dos principais directórios que, alegadamente, serviam apenas para SEO.
Não deve haver mal em submeter a estes directórios, particularmente se forem gratuitos. Este tipo de sites tem normalmente em comum dois atributos:
– não existe revisão por humanos (aceitam quase tudo)
– promovem a optimização como benefício quase exclusivo.

6. Submeta na categoria que melhor representa o seu site
Quando lhe for pedido que identifique e submita na(s) categoria apropriada para o seu site, seja exaustivo na sua procura.O seu site poderá simplesmente ser recusado se for cadastrado na categoria errada, ou ser negligenciado por visitantes que usam páginas do directório na sua pesquisa de bens e serviços.
Se tiver dúvidas veja qual a categoria que lista sites similares ao seu.

7. Esteja em cima da concorrência.
Procure os directórios onde se encontram os seus competidores e submita também o seu site.
Os directórios revestem-se de especial importância nos sites de B2B (vendas para empresas), que oferecem listas exaustivas de resultados pré-seleccionados e cuja selecção imperfeita poderá satisfazer a maior parte dos compradores.

8. Submeta o site a directórios brasileiros.
O site poderá ser do interesse para visitantes do Brasil? Os sites portugueses têm fraca visibilidade no Brasil ( e vice versa).
Procure por “cadastrar site” para encontrar directórios brasileiros.

9. Não se esqueça de incluir a cidade/localidade, se for relevante.
O seu site tem um âmbito local? A ausência deste tipo de informação pode desmotivar os visitantes a clicar para visitar o site. Incluir a localização garante ainda melhor posicionamento em buscas locais.

10. Utilize o endereço correcto do seu site.
Utilize o endereço com www ou sem “www” – sempre e apenas um deles. Nunca adicione extensões de índices como index.html (por exemplo www.site.com/index.html).

Siga estas 10 dicas, dedique algum do seu tempo a trabalhar as submissões e provavelmente obterá retorno. Se estiver inseguro sobre o que submeter aguarda algum tempo antes de submeter.

Submeter sites aos motores de busca

Uma das perguntas mais frequentes que encontro em sites e fóruns sobre motores de busca é como adicionar o site ao google. Existem várias formas, umas mais rápidas e eficientes que outras que outras. Convém evitar a submissão automática.
Apresento de seguida três opções para submeter aos motores de busca que podem ser utilizadas individualmente ou em conjunto.

1.Submissão directa aos motores de busca

Submeter url ao Google: http://www.google.com/addurl/
Assim que o Google indexar páginas do site, estas poderão ser encontradas também pelo Sapo, Aeiou e Clix, que usam a busca do google.

Submeter url ao Yahoo: http://search.yahoo.com/info/submit.html
O serviço gratuito é o primeiro na lista, requer conta no yahoo.

Submeter site ao Live / Msn: http://search.msn.com.sg/docs/submit.aspx

Depois de submeter deve aguardar alguns dias, ou mais provavelmente, algumas semanas, não submeta de novo. Os motores de busca procuram agilizar o processo mas ainda não está próximo o dia em que haja garantia de ter páginas de um site indexadas numa semana ou menos.

2. Linkar o site num site já indexado

Este é normalmente um processo mais rápido que o anterior. Se tem um site indexado tem a tarefa facilitada – basta criar um link para o segundo site e os motores de busca vão-no provavelmente descobrir da próxima vez que os seus robots visitarem o site. A indexação será tanto mais rápida quanto mais frequentemente os robots dos motores de busca visitarem o site.

Se não tem um site pode pedir a um amigo que tenha site pessoal que o adicione à sua página de links, mais não seja temporariamente. Se tem uma conta num fórum adicione o seu site à assinatura, se bem que a eficácia dependa do fórum. Em caso algum abra uma conta ou publique uma mensagem como pretexto para publicar o seu link. Comentários em blogs também não são grande ajuda, a maioria barra a passagem aos robots nos links dos comentários.

3. Submeter o site a um directório de confiança

Aqui a tarefa consiste em saber se o directório exercem controlo editorial – sendo por isso apreciados pelos motores de busca, e se publica novas páginas rapidamente. Os que preenchem a primeira condição (ex: Sapo, yahoo, Dmoz) são bastante lentos a indexar os sites que são submetidos gratuitamente.

Foi para isso que eu criei o [auto-promoção] Directório dos Motores de Busca [/autopromoção].